Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS aprova Programa Patrulha Agrícola.

O CMDRS aprovou na última quinta feira 28 de julho de 2017, o programa patrulha agrícola, que visa apoiar o pequeno produtor rural nas suas atividades agrícolas e impulsionar o crescimento da produção agropecuária do município de Itambé do Mato Dentro.

Programa aprovado por unanimidade pelos conselheiros começará suas atividades após o período de inscrição que vão do dia 01 de agosto de 2017 á 18 de agosto de 2017, o período para inscrições é um artifício para que o conselho analise as demandas do município e decida por qual região começar os trabalhos.

A Patrulha Agrícola contará com um Trator agrícola, um Caminhão Báscula e uma Retroescavadeira além de implementos como plantadeira, grade de arado, sulcador e roçadeira, todos pertencentes à Secretaria Municipal de Transportes, Obras, Infraestrutura e Agricultura.

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS conta com representantes dos povoados do município de Itambé do Mato Dentro e também de membros dos poderes executivo e legislativo do município.

A frente dessa conquista está o chefe de Agricultura Talles Moraes e sua equipe, que com muito empenho e dedicação coordena as máquinas e equipamentos da Secretaria Municipal de Transportes, Obras, Infraestrutura e Agricultura, durante todo ano e vem realizando um excelente trabalho a frente de seu cargo, sendo responsável pela conservação de todas estradas vicinais do município de Itambé do Mato Dentro e agora estará a frente da fiscalização e execução da Patrulha Agrícola.

Para o presidente do CMDRS e também Secretario de Transportes, Obras, Infraestrutura e Agricultura do Município, Genésio Duarte, o Programa Patrulha Agrícola é uma grande conquista para toda população Itambeense e principalmente para os pequenos produtores rurais, lamenta não ter conseguido o Programa sem custos para os produtores, mas acredita que os preços votados pelos conselheiros são praticamente a metade do preço cobrado por particulares e se vê esperançoso a frente do conselho, que ainda pode agregar muito aos pequenos produtores do município.

Os preços de trabalho aprovados pelo CMDRS foram de R$ 50,00 a hora para o trator agrícola mais implemento, R$ 55,00 a hora para retroescavadeira e R$ 2,00 o quilometro rodado do Caminhão Báscula, que serão administrados pelo conselho e o dinheiro arrecadado será depositado na conta do Fundo Municipal do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável FCMDRS que arcará com os custos como diesel, operador e manutenção dos implementos.

As inscrições serão realizadas presenciais no escritório da EMATER, situada no prédio da prefeitura municipal, por decisão do plenário as inscrições deverão ser realizadas pelos proprietários que deverão levar documento de Identificação com foto, o horário para realização das inscrições é de 08 hs ás 12 hs e 13 hs as 17hs.

 

fonte itambé news

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *